Logo Blog.easytravelshop

Nova York e suas construções icônicas

Nova York

Uma das cidades mais famosas do mundo, Nova York é o sonho de consumo de qualquer viajante. E quem já foi sabe que a Big Apple proporciona uma sensação inexplicável logo na primeira mordida na Grande Maçã. Assim, descobrir os segredos e encantos de NYC é uma experiência marcante para a vida inteira.

Além disso, Nova York exerce um estranho fascínio em turistas do mundo todo. Afinal, ela é eclética, surpreendente e está em constante renovação. Vibrante como nenhuma outra, recebeu 66,6 milhões de turistas em 2019, ano que antecedeu a pandemia de Covid-19.

Porém, conhecer Nova York demanda tempo e disposição para descobrir seus segredos, recantos e encantos. Bem como depende muito do motivo da viagem e do tempo disponível. Assi, alguns passeios são indispensáveis.

A história da Big Apple pode ser vista e admirada durante caminhadas pelas ruas de Manhattan. Assim, na primeira parte da série de matérias sobre NYC vamos falar sobre as construções históricas e monumentais da metrópole. A seguir relacionamos algumas das mais icônicas e imponentes da cidade.

Grand Central Station

Nova York e suas construções icônicas
Grand Central Station (Foto: Pixabay)

 

Marco arquitetônico e ponto de encontro de nova-iorquinos e visitantes. Suba até o mezanino observe por alguns minutos o frenético vai-e-vem no grande salão principal, com mais de 1,1 mil metros quadrados. Olhe para o alto e admire o teto com um imenso mural das constelações. E não deixe de registrar o momento tirando uma foto em frente ao grande relógio de quatro faces no centro da estação.

Ao observar sua escadaria será impossível não lembrar de cenas clássicas de filmes rodados no interior da estação. Foi lá que houve um grande tiroteio em “Os Intocáveis”, protagonizado por Kevin Costner. Lembram do carrinho de bebê que roda escada abaixo? Ou da destruição total do terminal em “Os Vingadores” durante a batalha dos super-heróis na tentativa de salvar o planeta do domínio dos extraterrestres.

No piso inferior da Grand Central Station estão o antigo restaurante Oyster Bar, que serve ostras frescas, e a confeitaria Magnolia Bakery, instalada em um local ambientado com antigos vagões. Aproveite para experimentar os famosos cupcakes da série “Sex and the City”. Há, ainda, um mercado interno com peixes, carnes, frutas e verduras.

Por fim, no andar subterrâneo da estação esconde uma interessante experiência. A acústica proporcionada pelos seus arcos de cerâmica faz com que até sussurros reverberem. Se estiver acompanhado, experimentem ficar em esquinas opostas e falem em voz baixa. Apesar de estarem a metros de distância ambas poderão ouvir o que está sendo dito.

Biblioteca pública

Nova York e suas construções icônicas
New York Public Library (Foto: Pixabay)

 

Localizada na 5th Avenue (5ª Avenida), a New York Public Library ocupa um edifício belo e grandioso. Fundada em 1895, é uma das principais bibliotecas do mundo e guarda mais de 55 milhões de livros publicados em 370 línguas e dialetos. Entre as preciosidades estão tesouros como a carta de Cristóvão Colombo anunciando a descoberta do Novo Mundo em 1493 e a partitura de Lover Man escrita à mão por John Coltrane.

Assim, é uma opção interessante para os dias de muito calor ou quando estiver chovendo. Além da sua arquitetura fantástica, tem ar condicionado, wi-fi grátis e silêncio. Portanto, aproveite para descansar enquanto recarrega a bateria do celular.

Saint Patrick’s Cathedral

Nova York e suas construções icônicas
Saint Patrick’s Cathedral (Foto: Pixabay)

 

É considerada uma das mais belas catedrais dos Estados Unidos. Construída entre 1858 e 1878, é o templo religioso mais famoso de Nova York. Teve inspiração nas edificações alemãs da cidade de Colônia e um dos seus destaques é uma relíquia de Santa Teresinha, que fica ao lado direito da nave.

Chrysler Building

Chrysler Building em NYC
Chrysler Building (Foto: Pixabay)

 

Impossível não notar esse edifício de 77 andares no cenário nova-iorquino. A coroa de aço inoxidável no topo brilha soberana no céu de Manhattan. Exemplo de Art Déco, foi a primeira construção da cidade a ultrapassar os 305 metros de altura (tem 319 metros). Em 1940, as primeiras imagens coloridas de televisão foram transmitidas do local.

Empire State Building

Nova York e suas construções icônicas
Empire State Building (Foto: Pixabay)

 

Visitar NYC e não conhecer o histórico edifício é uma falha imperdoável. O prédio no centro de Manhattan (na 5ª Avenida, entre as ruas 33 e 34) tem 443 metros de altura e observatórios nos andares 86 e 102 (top deck), que proporcionam algumas das melhores vistas panorâmicas da cidade.

Em um dia claro e sem nuvens e utilizando os potentes binóculos instalados no terraço do Empire State Building é possível vislumbrar, inclusive, os estados vizinhos de Nova Jersey, Pensilvânia, Connecticut e Massachusetts.

Inaugurado em 1931, ganha iluminação especial em datas comemorativas como Natal e o Dia de São Patrício. Porém, prefira comprar o ingresso pela internet, assim você ganhará tempo e evita ficar um bom tempo na fila. Para os dias frios há uma área fechada e aquecida.

One World Observatory

One World Trade Center em Nova York
One World Trade Center (Foto: Pixabay)

 

Instalado no 102º andar do One World Trade Center – também conhecido como Freedom Tower – o One World Observatory tem elevadores extremamente rápidos, chamados de Sky Pods. Assim, eles são uma atração à parte e a subida do térreo até o topo leva apenas um minuto. Há três níveis de janelas que vão do chão ao teto, um café, um bar, passeios interativos guiados e muito mais.

Rockefeller Center

Rockefeller Center
Rockefeller Center (Foto: Pixabay)

 

Durante o inverno é uma das principais atrações turísticas por causa da grande árvore de Natal e da concorrida pista de patinação no gelo em frente ao edifício. O local abriga também a casa de espetáculos Rádio City Music Hall e a sede da NBC. Uma estátua de Atlas na frente da Catedral de São Patrício convida para as fotos.

Top of the Rock
Rockefeller Center en Nova York
Top of the Rock no Rockefeller Center (Foto: Pixabay)

 

É o observatório do Rockefeller Center. São três mirantes em nível diferentes em uma área de mais de 5 mil metros quadrados. No 70º andar é possível curtir uma vista de 360° de NYC. Entretanto, antes de chegar ao mirante os visitantes passam por uma exposição, no mezanino, com fotos e artefatos que contam a história do lugar. A bela vista do Central Park chama a atenção dos turistas, bem como locais mais distantes como Nova Jersey, Brooklyn e Queens.

À noite o visual dos prédios iluminados em Manhattan é a atração. Impressiona o visual do Empire State Building, o Chrysler Building, a Ponte do Brooklyn e o Rio Hudson. Poucos andares abaixo, o Bar Sixty Five, do outro lado do renomado Rainbow Room, conta com opções saborosas para jantar com belas paisagens e um menu sazonal.

Edge – Hudson Yards

Nova York e suas construções icônicas
Edge – Hudson Yards (Foto: Pixabay)

 

É o mais alto deck de observação da cidade. Tem 344 metros de altura e proporciona panoramas incríveis, que se estendem a uma distância de até 128 quilômetros, revelando o lado oeste dos Estados de Nova Jersey e Nova York. O Edge foi inaugurado no dia 11 de março de 2020, no 100º andar do edifício The Shops at Hudson Yards, na região oeste de Manhattan.

Assim, os visitantes podem usufruir de vistas panorâmicas do Rio Hudson e da paisagem urbana de Nova York. Além disso, podem caminhar por um piso de vidro. Os espaços internos nos 100º e 101º andares contam com bares, restaurantes e área para eventos.

Por fim, para aproveitar a visita à região, suba as escadas de bronze em espiral do Vessel, um marco na praça de Hudson Yards.

Ponte do Brooklyn

Brooklyn Bridge em Nova York
Brooklyn Bridge (Foto: Pixabay)

 

Várias pontes ligam a ilha de Manhattan ao continente. Porém, a mais imponente é a Brooklyn Bridge, suspensa sobre o East River por inúmeros cabos de aço. Ela foi construída entre 1869 e 1883 e logo se tornou um dos grandes ícones da cidade. Portanto, se quiser registrar fotos maravilhosas do skyline de Manhattan, atravesse esse importante marco histórico a pé ou de bicicleta. Além disso, a vista é incrível!

Para quando você for a Nova York

Maior cidade dos EUA, está no Estado de Nova York. É o centro do comércio internacional, política, comunicação, música, moda e cultura. Além disso, conta com uma quantidade sem precedentes de museus de alta qualidade, galerias e casas de shows. É, junto com Londres, Paris e Tóquio, uma das quatro principais cidades do mundo.

Idioma

Inglês

Moeda

Dólar (US$)

Visto

Necessário para cidadãos brasileiros.

Fuso horário

Menos 2 horas em relação ao horário de Brasília. Pode variar dependendo do horário de verão nos dois países.

Quando ir

A melhor época para viajar para NYC é entre maio e outubro. No verão a cidade fica extremamente cheia e quente. No inverno – principalmente nos meses de janeiro e fevereiro – são comuns as tempestades de neve. A sensação térmica pode chegar a -25°C.

Como chegar

Nova York é servida por três aeroportos de grande porte: John F. Kennedy International Airport (JFK) e LaGuardia Airport, no Queens; e Newark Liberty International Airport, em New Jersey.

As companhias aéreas Latam, American Airlines, Delta e United realizam voos diretos a partir de São Paulo. Há, também, outras opções com escalas ou conexões oferecidas pelas empresas Copa Airlines via Cidade do Panamá; Avianca via Bogotá (Colômbia); e Aeroméxico via Cidade do México.

Onde ficar

Seja em viagens de lazer ou de negócios, os visitantes encontram uma grande variedade de opções de acomodação. Assim, todas as principais redes internacionais estão representadas na cidade. A cidade dispõe de mais de 107 mil quartos.

Como circular

Para chegar a Manhattan a partir o aeroporto JFK há várias opções. Por exemplo: táxi, ônibus, transfers, metrô e trem. Não importa se você está viajando sozinho ou em grupo, sempre haverá uma opção que se encaixa dentro do seu orçamento.

  • Staten Island Ferry – Balsa gratuita, faz o percurso entre Manhattan e Staten Island (24 horas por dia). A partir da balsa você terá uma ótima vista para a linha do horizonte de Manhattan e a Estátua da Liberdade fica claramente visível. Para pegar a balsa, utilize a linha 1 ou R do metrô até a estação South Ferry. O terminal é o Whitehall Ferry.
Compras

NYC dispõe de múltiplas opções de compras. Entre elas o Fulton Center, que oferece uma grande variedade de produtos artesanais; o World Financial Center, que reúne marcas de luxo contemporâneos; e o complexo comercial Westfield World Trade Center com uma centena de lojas. Entretanto, para gastar pouco e encontrar verdadeiros tesouros nada melhor que os mercados de pulgas Smorgasburg e Fort Greene, no Brooklyn, e o Hell’s Kitchen Flea, em Manhattan.

Gastronomia

Nova York reúne chefs de renome mundial, novos conceitos em gastronomia e alguns dos melhores restaurantes do mundo. Portanto, escolher o lugar para almoçar e jantar depende apenas do gosto e do quanto pretende gastar.

Algumas das novidades estão em Lower Manhattan, no World Financial Center. Em um mercado de inspiração francesa, no Le District, estão o Hudson Eats, que serve pratos populares, incluindo churrasco; o Eataly Mercado Italiano NYC Downtown; o Pier 1 Harbor House, em Battery Park; e o premiado CUT Steakhouse by Wolfgang Puck.

Porém, se quiser um lugar tradicionalíssimo vá ao Rainbow Room, no topo do Rockefeller Center. Abre para brunch e jantar e oferece música ao vivo. É bom fazer reserva com antecedência.

Fica a dica!
Big Bus em Nova York
Big Bus em Nova York (Foto: divulgação)

 

  • Ônibus turístico – Se você está em Nova York pela primeira vez e quer conhecer a cidade, a melhor maneira de ver tudo é embarcar em um ônibus turístico Big Bus – os famosos Hop-On Hop-Off. Há diferentes rotas, de aproximadamente 2h30 cada, com paradas em pontos estratégicos, em que é possível subir e descer dos ônibus quantas vezes quiser. Já o Night Tour não permite o embarque e desembarque, porém, proporciona uma experiência diferente de conhecer os marcos da cidade à noite com suas iluminações especiais.
  • Passeio de helicóptero – Uma experiência inesquecível é ver os principais pontos turísticos de NYC de cima. Várias empresas oferecem o serviço com sobrevoos de 15 minutos durante o dia e também à noite.
  • CityPass – Oferece descontos de até 25% nas principais atrativos turísticos da cidade de Nova York ao longo de nove dias consecutivos. Inclusive, o CityPass possibilita a entrada rápida em várias atrações.
  • Guias Turísticos – Para otimizar os passeios em Nova York é possível contratar o serviço de guias turísticos – em português – por três, quatro, seis e até oito horas. Os horários são flexíveis e os percursos são feitos à pé pela cidade.
  • City Tour – Do mesmo modo é possível contratar um city tour que percorre os principais pontos de interesse na Big Apple. Com guias falando português podem ser em grupo ou privativos. Disponíveis por três, quatro, seis e até oito horas.
Foto do destaque: Pixabay

Matérias mais recentes

Recomendado para você

Notícias mais lidas da semana