Logo Blog.easytravelshop

São Paulo é capital mundial da gastronomia

Como já dito na primeira parte da matéria sobre São Paulo, a vibrante capital paulista é um destino gastronômico imperdível. Com uma cena cultural e culinária diversificada, a cidade oferece uma deliciosa viagem pelos sabores do mundo. Das tradicionais pizzarias italianas aos requintados restaurantes japoneses, passando pelos botecos de comida de rua, Sampa tem opções para todos os bolsos e paladares.

Em um giro pela cidade é fácil perceber os aromas tentadores, convidando os visitantes a explorar os caminhos da oferta culinária paulistana. São muitas as opções. Em todas as regiões é possível desfrutar de um autêntico churrasco gaúcho em uma das muitas churrascarias, saborear deliciosos pratos da culinária típica nordestina ou de pratos contemporâneos em modernos restaurantes comandados por chefs renomados.

Além disso, São Paulo abriga diversos mercados e feiras gastronômicas. Locais onde locais e visitantes encontram produtos frescos e ingredientes de todas as partes do mundo. Há também muitos food trucks e praças de alimentação, onde a variedade gastronômica garante refeições completas.

Restaurante Consulado Mineiro em São Paulo
Festival de sopas do restaurante Consulado Mineiro (Foto: Luís Simione/divulgação)

 

A gastronomia tem papel fundamental na cena paulistana. Bares e botecos espalhados por toda a cidade servem desde petiscos simples até pratos sofisticados.

Sucesso na capital paulista os rodízios estão presentes e restaurantes das mais variadas especialidades. Principalmente nas churrascarias e em várias pizzarias. Mas possível encontrar também os de sushi, fondue, sopas e até comidas mexicana e vegetariana.

Em resumo, São Paulo é um verdadeiro paraíso para os amantes da gastronomia. A oferta culinária de sabores e experiências coloca a cidade como um destino imperdível para quem deseja explorar a riqueza da comida brasileira e internacional. Por isso, a capital paulista ganhou o título de “Capital Mundial da Gastronomia”.

Gastronomia de nível mundial

São Paulo capital mundial da gastronomia
Foto: Pixabay

 

Segunda maior cidade do mundo em número de restaurantes e pioneira no Brasil em comida gourmet de rua com centenas de pontos e food trucks, São Paulo foi a primeira no país a receber o Restaurant Week.

No mercado gastronômico paulistano é possível encontrar as mais variadas receitas e temperos de 52 nacionalidades, etnias e regionalidades do planeta.

Somente na capital são 15 mil restaurantes. Entre eles, cerca de 500 churrascarias, 600 restaurantes japoneses que preparam 400 mil sushis por dia (278 por minuto), 3,2 mil padarias que produzem 10,4 milhões de pãezinhos diariamente (7,2 mil por minuto), 60 restaurantes vegetarianos e 20 mil bares.

Roteiro gastronômico

Diante de tanta oferta fica até difícil escolher onde comer. Mas esse é um problema gostoso de resolver.

Pizza
São Paulo ama pizzas
Foto: Pixabay

 

As pizzas estão entre as maiores paixões dos paulistanos. E São Paulo é referência nesse quesito. São cerca de 5 mil pizzarias instaladas na capital. Juntas produzem mais de 1 milhão de redondas a cada dia.

A pizza é tão importante na vida da cidade que até ganhou um dia para ser comemorada: 10 de julho, o Dia da Pizza.

Na década de 1980, surgiram os rodízios de pizza, que ofereciam mais de 50 tipos entre salgadas e doces. O sucesso foi tamanho que até hoje a modalidade está presente em diversos pontos da cidade.

Coxinhas de frango
Coxinha de frango
Foto: Pixabay

 

Além das pizzas, as coxinhas de frango também fazem parte das principais pedidas dos paulistanos para acompanhar a cerveja ou chope nas happy hours. Um clássico no cardápio de bares e botequins da cidade, ela também está presente em saborosas releituras em restaurantes famosos.

Churrascarias
São Paulo tem muitas churrascarias
Foto: Pixabay

 

Atração gastronômica na cidade, as churrascarias atraem turistas domésticos e estrangeiros. E tem para todos os bolsos. Destaque para uma modalidade criada no Brasil, o rodízio de carne caiu no gosto de todos.

E tudo começou com as churrascarias que lançaram o chamado “espeto corrido” – que logo passou a ser chamado de rodízio de carnes. Ou seja, por um preço único come-se quanto e quais tipos de carnes desejar.

Points gastronômicos

São Paulo abriga uma infinidade de pontos culinários para todos os gostos. A cena gastronômica da cidade é vasta e estabelecimentos tradicionais e de qualidade estão em praticamente todos os cantos. Aqui estão alguns dos principais points gastronômicos na capital paulista.

Bixiga
Bixiga é bairro tipicamente italiano em São Paulo
Foto: Pixabay

 

Um dos pontos mais tradicionais da gastronomia paulistana é o Bixiga, a parte boêmia do bairro da Bela Vista. Próximo da região central, foi formado por imigrantes italianos e seus moradores cultivam até hoje suas origens. Lá estão algumas das mais concorridas cantinas da cidade.

Vila Madalena
Petiscos do Bar Pátio SP na Vila Madalena em São Paulo
Petiscos do Bar Pátio SP (Foto: Wellington Nemeth/divulgação)

 

Outro reduto da boemia paulistana – talvez o mais agitado e descolado da cidade. Na Vila Madalena, no bairro de Pinheiros, a agitação dá o tom nessa área que concentra uma grande quantidade de bares e casas noturnas. O reduto boêmio é muito frequentada por jovens e baladeiros porque reúne muitas e boas opções que fica até difícil escolher.

Jardins
Restaurante A Figueira Rubaiyat em São Paulo
Restaurante A Figueira Rubaiyat nos Jardins (Foto: Travelpedia)

 

Abriga restaurantes renomados e de alta gastronomia. Bairro sofisticado, oferece opções para todos os gostos. Desde culinária italiana, francesa, japonesa até brasileira contemporânea.

Pinheiros

Na zona oeste da cidade, o bairro é conhecido por sua cena gastronômica diversificada. Reúne muitos bares, restaurantes e food trucks que oferecem desde comida de rua até opções mais refinadas.

Liberdade
Restaurante japonês
Foto: Thomas Marban/Unsplash

 

Bairro de influência japonesa em São Paulo, oferece uma grande variedade de restaurantes japoneses autênticos. Além disso, tem lojas de produtos asiáticos. É um local ideal para os amantes da culinária oriental.

Turismo gastronômico

Como já dissemos, São Paulo é muito eclética em termos gastronômicos. A cidade convive harmoniosamente com bares e restaurantes quase centenários ao lado de empreendimentos sofisticados e modernos.

Muitos endereços ganharam fama na cena gastronômica paulistana. São pontos que reuniram – e reúne até hoje – intelectuais, políticos, artistas, estudantes e boêmios. Em comum têm a oferta de comida e bebida de qualidade. Entre eles estão os seguintes:

Mercadão
Mercadão em São Paulo
Sanduíche Brazuca do Mortadela Brasil no Mercadão (Foto: divulgação)

 

O Mercado Municipal de São Paulo é um dos mais concorridos atrativos turísticos da cidade. São 90 anos de história e, por isso, é considerado um ícone gastronômico. Destaque para o famoso pastel de bacalhau e o sanduíche de mortadela gigante.

Mas para aproveitar essas e outras delícias sua happy hour terá que começar mais cedo. O local funciona apenas até as 18h.

Bar Brahma
Bar Brahma é ícone em São Paulo
Bar Brahma na esquina mais famosa de São Paulo (Foto: divulgação)

 

Localizado na esquina mais famosa da cidade – Av. Ipiranga com a Av. São João -, foi testemunha de importantes acontecimentos da história paulistana. Fundado em 1948, já é parte indissociável da trajetória da capital.

Estadão
Restaurante Estadão
Foto: Travelpedia

 

Quer comer um irresistível sanduíche de pernil? Esse é o lugar. O bar e restaurante no centro da cidade funciona 24 horas e está sempre cheio.

O sanduba justifica a fama já que mais de 30 peças de pernil são consumidas diariamente. E cada uma pesando entre 7 e 8 quilos.  Dizem que o segredo está no molho feito com cebola, tomate e pimentão. Mas se preferir comer uma feijoada às 4 horas da madrugada, não tem problema, é só pedir.

Sujinho

Um clássico paulistano. Serve bistecas e outras carnes deliciosas em porções fartas. E acompanhadas por uma famosíssima salada de repolho e cebola. O Sujinho surgiu na década de 1960 e era aquele tipo de botequim pé sujo, porém sempre muito democrático. Suas mesas eram frequentadas desde artistas e políticos até boêmios e prostitutas – o que lhe rendeu o apelido de “Bar das P….”. Passou por ampla reforma e ganhou ares mais refinados, mas sem perder o encanto.

Bacalhau, Vinho & Cia
Bacalhau, Vinho & Cia em São Paulo
Bacalhau ao Murro (Foto: divulgação)

 

Restaurante tradicionalíssimo, desde 1973 proporciona aquele tipo de culinária que aquece o estômago e a alma. A casa é especializada na maior estrela da gastronomia portuguesa – o bacalhau – que brilha em 99% dos pratos servidos.

Esqueça a gourmetização, no Bacalhau, Vinho & Cia a premissa é servir receitas sem modismos. Tudo é bem ao jeitinho das famílias lusitanas: muita fartura e sabor à mesa. Portanto, vá sem pressa para se deliciar com calma. E esqueça a dieta.

Seu Oswaldo

Uma das hamburguerias mais antigas da cidade. Funciona há mais de meio século no bairro do Ipiranga. É referência na qualidade dos lanches servidos sobre um balcão de modo bem descontraído.

Zé do Hamburguer

Ponto de encontro dos apaixonados pelos anos dourados – década de 1950. Localizado em Perdizes, possui arquitetura em estilo diner e pratos clássicos como o Diner Burger e a Batata do Zé, coberta com cheddar, bacon e queijo prato gratinado.

Cantina Speranza

Há 65 anos é famosa por fazer deliciosas pizzas italianas e variações tipo Calzone (pizza fechada).

Carlino

Inaugurado em 1881, é o restaurante mais antigo da cidade de São Paulo. O menu tem raízes italianas com pratos fartos e deliociosos.

Terraço Itália
Restaurante Terraço Itália em São Paulo
Foto: divulgação

 

Ícone da capital paulista, surpreende seus visitantes com a vista estonteante da cidade do alto de 165 metros. E, claro, por sua cozinha toscana, salões elegantes, adega recheada de rótulos raros do Velho e Novo Mundo e o cobiçado bar, além de atrações musicais diárias. Há 56 anos oferece boa comida em ambiente sofisticado.

Cantina C… Que Sabe!

Funcionando há mais de 90 anos, mistura a modernidade de sua fachada com uma decoração típica do sul da Itália.

Ponto Chic
Restaurante Ponto Chic há mais de 100 anos em São Paulo
Sanduíche Bauru (Foto: divulgação)

 

O centenário Ponto Chic ficou famoso por causa do sanduíche Bauru. A iguaria inventada em 1937 preparada no pão francês com finas fatias de rosbife, tomate em rodelas, pepino em conserva e uma mistura de quatro tipos de queijos fundidos em banho-maria – queijo prato, estepe, gouda e suíço. Em 2018, o sanduíche Bauru foi declarado Patrimônio Cultural e Imaterial do Estado de São Paulo.

Bella Paulista
Padaria Bella Paulista
Padaria Bella Paulista (Foto: Katriane Vieira)

 

Localizada na região da Avenida Paulista, trouxe um novo conceito de padaria por meio da fusão de lanchonete, restaurante, bar, pizzaria e confeitaria em um mesmo ambiente.

Bolinha
Feijoada
Feijoada – foto meramente ilustrativa (Pixabay)

 

Por fim, quando o assunto é feijoada o restaurante Bolinha sempre é lembrado. Localizado no Jardim Europa, é um dos mais tradicionais da cidade. Servida diariamente, o tradicional prato é preparado em forno a lenha com dez tipos de carne, além dos acompanhamentos. Além disso, é servida em sistema de bufê, onde os clientes podem se servir à vontade.

SERVIÇO

Transfer

Visitantes que chega à cidade de São Paulo têm à disposição uma série de transfers de chegada e saída – privativos ou compartilhados – para diversos pontos. Entre as opções estão, por exemplo, destinos como GuarujáSantos, São VicenteCampos do Jordão e Aparecida.

Transfer de chegada e saída – Do Aeroporto de Congonhas para hotéis na cidade de São Paulo – privativo.

Transfer de chegada e saída – Do Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos para hotéis na cidade de São Paulo – privativo.

Passeios

A cidade de São Paulo oferece diversas opções de passeios de acordo com o interesse dos visitantes. Àqueles que vêm pela primeira vez, a dica é fazer um city tour na companhia de guias experientes que conhecem a história da cidade e os principais atrativos turísticos. Eles passam por edifícios históricos, bairros típicos, monumentos, áreas de lazer e comércio.E podem ser privativos ou compartilhados.

City Tour de Conexão – Para turistas em trânsito por São Paulo.

Passeio à pé – Há opções como Centro de São Paulo, que pode incluir visitas ao Mercadão ou ao Farol Santander; pela Avenida Paulista; pela Vila Madalena

Roteiro de Compras – São Paulo é o centro comercial do Brasil e oferece excelentes oportunidades para o turismo de negócios, variedade de produtos e um roteiro diferenciado aos amantes das boas compras.

Tour de Museus I – Visita a dois dos museus da cidade, o Museu da Língua Portuguesa e a Pinacoteca do Estado de São Paulo.

Tour de Museus II – Os visitantes conhecerão dois dos mais visitados museus da cidade: o MASP (Museu de Arte de São Paulo) e o MAC (Museu de Arte Contemporânea).

Foto do destaque: Mortadela Brasil no Mercadão de São Paulo/divulgação

Matérias mais recentes

Recomendado para você

Notícias mais lidas da semana