Logo Blog.easytravelshop

Santa Cruz Cabrália reúne história e natureza exuberante

Santa Cruz Cabrália na Bahia

Distante apenas 30 km de Porto Seguro, na Bahia, a cidade de Santa Cruz de Cabrália é o local onde foi rezada a primeira missa no Brasil. A celebração aconteceu especificamente na Praia de Coroa Vermelha, onde há uma cruz simbolizando o fato histórico, realizado em 1500.

Fundada em 1535, Santa Cruz Cabrália ainda conserva seu casario colonial. Além disso, é dividida entre parte alta e baixa, seguindo uma tradição portuguesa. Do mesmo modo, a cidade exala história por todas as ruas, becos e cantos. Assim, o Centro Histórico, na Praça da Matriz, destaca-se pelas edificações seculares da Igreja de Nossa Senhora da Conceição e da Casa de Câmara e Cadeia – ambas construções do século 18. Por fim, as ruínas de um colégio jesuíta do século 16 completam o mais antigo conjunto arquitetônico do município.

Passeio de barco em Santa Cruz Cabrália
Foto: Pixabay

 

Porém, é o cenário natural que rouba as atenções dos visitantes. Portanto, um passeio de barco pela região é atração imperdível. No caminho, recantos e praias intocadas, além de bancos de corais de Coroa Alta que formam piscinas naturais.

Coroa Vermelha

Pôr do sol em Santa Cruz Cabrália
Foto: Pixabay

 

Um dos diversos distritos de Santa Cruz Cabrália, Coroa Vermelha é o lugar da celebração da primeira missa no Brasil pela armada de Pedro Alvares Cabral. No local está o Mirante, que proporciona uma bela vista panorâmica de toda a cidade. Diversas famílias de índios pataxós residem no local e vivem do comércio de artesanato indígena. Na sua principal praça, em frente ao mar, está a monumental Cruz Latina, que remonta ao Descobrimento do Brasil. A escultura em aço inox pesa 63 toneladas, tem 13 metros de altura e braços de 5 metros de comprimento. A base é de granito maciço.

Museu do Descobrimento

Com a proposta inovadora de ser um museu natural ao ar livre, estende-se ao longo de 130 km, abrangendo os municípios de Prado e Porto Seguro, além de Santa Cruz Cabrália. Seu “acervo” reúne praias, vales, trilhas naturais, acidentes geográficos e núcleos urbanos tradicionais.

Comércio Pataxó e Museu do Índio

Centro de referência da cultura indígena, reúne 54 boxes ocupados por índios, que comercializam apetrechos típicos, com destaque para peças de artesanato e uma farmácia de ervas indígenas. No museu, uma exposição permanente retrata a arte do cotidiano em seus múltiplos aspectos, incluindo o interior de uma oca, o modo de dormir, de preparar e obter alimentos, a socialização infantil, os cuidados corporais, adornos e pinturas, rituais, música e dança. O local também dispõe de espaços dedicados às manifestações culturais, uma biblioteca, uma sala de leitura e uma área para exposição. Abre, diariamente, das 9h às 18 horas.

Parque Marinho de Coroa Alta

Tem piscinas naturais e bancos de areia, uma aldeia Pataxó onde são realizadas apresentações culturais; a Vila de Santo André e a Ilha do Sol, famosa pelos banhos de lama e também pelos doces produzidos por lá.

Das margens do Rio João de Tiba partem as embarcações com destino às barreiras de corais que formam piscinas naturais repletas de vida marinha. O passeio inclui paradas nas tranquilas praias da vila de Santo André.

Fazenda Mãe Tereza

A apenas 2 km do centro está o parque ecológico instalado em uma fazenda de coco. Entre as atividades possíveis estão caminhadas por trilhas em meio à Mata Atlântica, cavalgadas, banhos de rio, pesca artesanal, tirolesa e passeios de caiaque.

Praias

Praia em Santa Cruz Cabrália
Foto: Jeff/Unsplash

 

Santa Cruz Cabrália tem 35 km de orla com águas claras e protegidas por recifes, que formam piscinas naturais em quase toda a extensão. Entre as mais concorridas estão Arakakaí, ponto de encontro de surfistas e windsurfistas; Coroa Vermelha com sua enseada tranquila, águas rasas e areias brancas; Lençóis, que está a apenas 3 km do centro mas não é indicada para banhos por ser mar de tombo; Mutari, que tem ondas fracas e ideais para a prática de caiaque e bodyboard; e Ponta de Mutá, uma pequena enseada emoldurada por coqueiros e com águas mornas e transparentes – é ponto de parada de escunas e embarcações que levam à Coroa Alta.

Praia de Guaiú

A Praia de Guaiú está em uma vila de pesadores em Santa Cruz Cabrália. Ela é pouco conhecida até mesmo pela população local. Tem como ponto forte a gastronomia.

Praia Coroa Vermelha
Praia Coroa Vermelha na Bahia
Praia Coroa Vermelha (Foto: Pixabay)

 

Principal praia de Santa Cruz Cabrália, fica ao lado da Praia do Mutá. Tem dois quilômetros de extensão e atrai muitas famílias com crianças por causa do mar calmo. Além disso, tem lindas piscinas naturais. Os visitantes contam com boa estrutura com barracas de praia e restaurantes. Há, inclusive, uma feirinha que comercializa artesanatos e produtos indígenas.

  • Reserva da Jaqueira – Localizada nas proximidades de Coroa Vermelha, a reserva de índios pataxós reúne mais de 30 famílias na aldeia. Guias indígenas acompanham o passeio contando curiosidades e costumes locais. Há apresentações de danças típicas.

SERVIÇO

Como chegar

Santa Cruz Cabrália está distante 755 km de Salvador. O aeroporto mais próximo é o de Porto Seguro, que está a apenas 27 km. As principais companhias aéreas brasileiras oferecem voos diários para Porto Seguro.

Transfers
No Aeroporto de Porto Seguro há transfers de chegada e saída – compartilhados ou privativos – para hotéis e pousadas em Santa Cruz Cabrália.
Passeios

Onde ficar

Entre as opções de hospedagem a cidade dispõe de mais de 80 pousadas e hotéis, além do condomínio e resort Campo Bahia.

Gastronomia

Nos restaurantes da cidade e nos quiosques nas praias não deixe de provar os pratos típicos da culinária da região, como o filé de badejo com camarão. Imperdível!

Fica a dica!
  • Terminal Turístico da Coroa Vermelha – Situado dentro da Unidade de Conservação de mesmo nome é um espaço receptivo para visitantes e ponto de partida para visitas às praias, ao local da primeira missa, ao Museu do Índio e ao Comércio Pataxó. Funciona diariamente, das 9h às 19 horas.
Foto do destaque: Pixabay

Matérias mais recentes

Recomendado para você

Notícias mais lidas da semana