Logo Blog.easytravelshop

Para quando você for a Fernando de Noronha

O arquipélago de Fernando de Noronha está distante 545 km da costa de Recife, Pernambuco. A ilha principal, que também se chama Fernando de Noronha, é a única habitada e tem apenas 17 quilômetros quadrados. O fuso horário do destino é de uma hora a mais em relação ao horário de Brasília. E nenhuma vacina é obrigatória para quem desembarca por lá, mas é recomendável a imunização contra a Febre Amarela.

Fernando de Noronha
Foto: Hesíodo Góes/Setur-PE

Quando ir

A temperatura varia pouco durante o ano, mantendo uma média de 28ºC, sempre com muito sol e uma brisa refrescante. A estação seca vai de setembro a fevereiro. Chove ocasionalmente entre os meses de março a agosto.  

Infraestrutura

A ilha conta com aeroporto, estradas, porto, usina termelétrica, hospital, restaurantes, pousadas, conexão com a internet, agência bancária, supermercado, linha de transporte coletivo, escolas e universidades à distância. Mas não se esqueça que o diferencial de Noronha é que lá não irá encontrar barracas, banheiros e chuveiros a beira mar.

A energia elétrica é fornecida pela Usina Tubarão, unidade ligada a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), que é responsável por toda a iluminação da ilha. A água consumida no arquipélago vem de açudes, placas de captação da chuva e de dois dessalinizadores marinhos.

Como circular em Fernando de Noronha

Micro-ônibus circulam pelos 7 quilômetros da BR-363 e ligam, a cada 30 minutos, o Porto de Santo Antônio à Baía do Sueste. Os táxis (buggys) circulam com tarifas tabeladas. Os turistas podem também alugar buggys e bicicletas para circular entre os diferentes pontos da ilha.

O que comer em Fernando de Noronha

Fernando de Noronha dispõe de restaurantes onde se pode desfrutar desde a culinária regional mais simples até os pratos mais requintados, com destaque para os peixes, polvo, lagosta, camarão e frutos do mar. Não deixe de experimentar o prato principal da ilha, o peixe enrolado na folha de bananeira. A oferta de bares e restaurantes é variada e os preços, claro, são maiores que no continente. Entre as boas opções estão o Cacimba Bistrô, Xica da Silva, Mesa da Ana e o Mergulhão.

O que fazer em Fernando de Noronha

O que fazer em Fernando de Noronha
Foto: Divulgação/Hans von Manteuffel/Setur-PE

São muitas as atividades possíveis em Fernando de Noronha. São passeios que atendem os mais variados perfis e podem ser realizados de maneira compartilhada ou privativa. A seguir algumas opções para a sua escolha:

  • Passeio de barco + Trilha Costa Esmeralda + Trilha do Piquinho + Atalaia Sub (Entardecer Vip) + Ilhatur (5 dias);Passeio de barco tradicional + Ilhatur (2dias);
  • Passeio de barco tradicional + Atalaia Sub (Entardecer Vip) – (2 dias);
  • Atalaia sub (Entardecer Vip) + Ilhatur (2 dias);
  • Passeio de barco tradicional + Canoa Havaiana + Atalaia Sub (Entardecer Vip) – (3 dias);
  • Prancha Submarina + Canoa Havaiana + Trilha Costa Azul (3 dias);
  • Ilhatur + Mirante dos Golfinhos + Trilha Costa Esmeralda (3 dias);
  • Passeio de barco tradicional + Trilha Costa Esmeralda + Trilha Costa Azul + Trilha costa dos mirantes (4 dias);
  • Passeio de barco tradicional + Atalaia sub (Entardecer Vip) + Ilhatur + Canoa Havaiana (4 dias);
  • Atalaia sub (Entardecer Vip) + Ilhatur + Canoa Havaiana + Caminhada Histórica (4 dias);
  • Passeio de barco tradicional + Trilha Costa Esmeralda + Trilha Costa Azul + Trilha Costa dos Mirantes + Canoa Havaiana (5 dias);

Mergulho credenciado com equipamento incluso – Atividade de mergulho com cilindro para pessoas com curso de mergulho comprovado. São duas imersões, sendo a primeira a 25/30 metros e a segunda entre 12/15 metros, aproximadamente;

Mergulho credenciado sem equipamento incluso – Atividade de mergulho com cilindro para pessoas com curso de mergulho comprovado. São duas imersões, sendo a primeira a 25/30 metros e a segunda entre 12/15 metros, aproximadamente;

Mergulho de Batismo – Fernando de Noronha é um dos principais destinos para quem quer fazer mergulho de cilindro. Um mergulhador habilitado acompanha e a descida pode chegar a até 12 metros de profundidade;

Passeio de barco (catamarã) – É o passeio mais tradicional da ilha, onde há a possibilidade de ver os golfinhos rotadores acompanharem o barco;

Passeio de barco com parada no Sancho – Nesse incrível passeio de barco também há a possibilidade de avistar os golfinhos rotadores, que acompanham o barco em uma das cenas mais famosas de Noronha;

Ilhatur – Tompleto por toda a ilha. Leva a praticamente todos os lugares possíveis, explorando o que há de mais intenso. Em aproximadamente 8 horas você terá conhecido os pontos mais famosos de Fernando de Noronha;

Atalaia Sub (Entardecer Vip) – Você vai se aventurar na atividade da pranchinha, fazer um passeio de barco até o Morro Dois Irmãos e saborear um delicioso churrasco a bordo.

Trilha Costa Esmeralda – Tour realizado a pé pelo lado da ilha voltando para o continente, que é conhecido como Mar de Dentro. Ideal para quem quer conhecer a ilha com tranquilidade;

Caminhada Histórica – Um tour pelo passado de Fernando de Noronha. Oportunidade para conhecer a história que a ilha guarda desde o descobrimento do Brasil ao passar pelos pontos históricos do local;

Trilha Costa Azul – Circuito realizado a pé, contempla as praias quase desertas, mirantes espetaculares e atrativos localizados no lado da ilha voltado para o Mar de Fora;

Trilha Costa dos Mirantes – O passeio mostra as mais belas vistas que existem em Fernando de Noronha. No roteiro estão o mirante dos golfinhos, o Morro Dois Irmãos e descida para a incrível Praia do Sancho;

Canoa Havaiana em Fernando de Noronha
Canoa Havaiana (Foto: Divulgação)

Canoa Havaiana – Oportunidade para vivenciar a navegação em Canoa Havaiana, as embarcações milenares do triangulo polinésio. A proposta da expedição é aventura e contemplação no cenário paradisíaco da ilha de Fernando de Noronha. A experiência também pode ser realizada ao amanhecer;

Trilha do Piquinho – Trilha bastante íngreme leva até a base do Morro do Pico com aproximadamente 200 metros de altura com vista parcial do arquipélago. O passeio pode ser realizado ao amanhecer ou ao entardecer;

Mirante dos Golfinhos – Trilha curta com aproximadamente 2 quilômetros (ida e volta) até o mirante da baía dos Golfinhos. Do alto do paredão de 60 metros de altura é possível avistar golfinhos e aves em seus ninhos;

Travessia Porto – Praia do Cachorro (snorkeling)Atividade de mergulho livre (flutuação) saindo do Porto de Santo Antônio em direção a Praia do Cachorro. No trajeto estão lindas lajes de corais, um antigo naufrágio e a maravilhosa vida marinha da região.

Mergulho em Fernando de Noronha
Foto: Hans von Manteuffel/Setur-PE

Onde ficar 

As possibilidades de hospedagens são muitas e para todos os gostos e estilos. Há desde resorts luxuosos até casas simples de moradores transformadas em pousadas. Os meios de hospedagem no arquipélago são classificados por categorias, cujo símbolo é o golfinho ao invés das estrelas dos hotéis tradicionais. O maior índice que uma pousada pode atingir são 3 Golfinhos.

Acessibilidade

A Secretaria de Turismo de Pernambuco tem promovido ações que criam condições para que os cadeirantes possam aproveitar o mar de Fernando de Noronha. As pousadas e restaurantes da ilha também estão se tornando acessíveis às pessoas com mobilidade reduzida com a construção de rampas de acesso, de portas mais largas e maior área de circulação nos quartos e banheiros adaptados com barras de segurança. 

Foto do destaque: Antonio-Melcop/Setur-PE

Matérias mais recentes

Recomendado para você

Notícias mais lidas da semana