Logo Blog.easytravelshop

Chapada das Mesas: Natureza e roteiros de aventura no Maranhão

Chapada das Mesas no Maranhão

A Chapada das Mesas, localizada no sul do Maranhão, desponta como um destino turístico imperdível para experiências naturais. Além disso, conquista cada vez mais visitantes com suas belezas deslumbrantes. O Parque Nacional da Chapada das Mesas, criado em 2005, é o epicentro dessa maravilha, oferecendo mais de 160 mil hectares de Cerrado esculpido pelo tempo.

Se você é um aventureiro em busca de contato direto com a natureza, a Chapada das Mesas é o lugar ideal. Oferecendo opções para todos os gostos e bolsos, a região promete encantar seus sentidos. Desde cachoeiras cristalinas até trilhas desafiadoras, a Chapada é um destino inesquecível para os amantes do ecoturismo e aventura.

Portanto, explore, descubra e apaixone-se por esse pedaço encantado do Brasil.

Parque Nacional da Chapada das Mesas

Poço Azul na Chapada das Mesas
Poço Azul (Foto: Governo do MA/Setur/divulgação)

 

O Parque Nacional da Chapada das Mesas é o principal ponto de atração, revelando-se como um tesouro natural no coração do Maranhão. Com cachoeiras cristalinas, trilhas entre formações rochosas, grutas misteriosas, cânions e mirantes de tirar o fôlego, este paraíso preserva uma biodiversidade rica e pulsante do Cerrado.

A fauna e flora da Chapada, com suas espécies endêmicas, são irresistíveis para os amantes da natureza. Entre os pontos imperdíveis estão, por exemplo, o Encanto Azul, Poço Azul, Cachoeira de Santa Bárbara, Cachoeiras de São Romão e Prata, Chapadão Olho de Orion, Encontro das Águas, Pedra Encantada, Complexo de Pedra Caída e o imponente Portal da Chapada.

Cachoeiras

Chapada das Mesas - Maranhão
Foto: Embratur/divulgação

 

As diversas cachoeiras da Chapada das Mesas são verdadeiras joias naturais. Desde a imponente Cachoeira do Itapecuru até a serena Cachoeira do Brejo, as águas cristalinas proporcionam oportunidades únicas para nadar, praticar rapel ou simplesmente relaxar em meio à natureza exuberante.

Mirantes

A região oferece uma série de mirantes que proporcionam vistas deslumbrantes da vastidão do Cerrado e das características formações rochosas. Assim, do Mirante da Serra do Tiracambu ao Mirante da Pedra Caída, a experiência visual é um espetáculo à parte.

Formações rochosas

A Chapada das Mesas é um museu a céu aberto de formações rochosas únicas. A Mesa do Bispo, a Mesa do Buraco e a imponente Pedra do Elefante são testemunhas do trabalho milenar da natureza, oferecendo cenários verdadeiramente instagramáveis.

Grutas

Chapada das Mesas no Maranhão
Foto: Embratur/divulgação

 

As grutas da Chapada, como a Gruta do Buraco do Sino e a Gruta do Lapão, proporcionam uma jornada fascinante ao interior da terra. Portanto, observar as formações geológicas milenares é uma experiência que conecta os visitantes com a história do planeta.

Trilhas

As trilhas da Chapada das Mesas são um convite para explorar a fauna e flora local. Além disso, há opções para todos os níveis de experiência, desde trilhas leves até desafios mais intensos, é possível mergulhar na riqueza natural da região.

SERVIÇO

Passeios
Como chegar

A Chapada das Mesas pode ser acessada por via aérea, terrestre ou fluvial.

  • Via aérea – O aeroporto mais próximo da Chapada das Mesas é o Aeroporto de Imperatriz, que fica a cerca de 250 km de distância. De Imperatriz, é possível pegar um táxi, alugar um carro ou pegar um ônibus até a cidade de Carolina, a porta de entrada da Chapada das Mesas.
  • Via terrestre – É possível chegar à Chapada de carro ou ônibus pelas rodovias BR-010 e BR-226. A viagem de carro dura cerca de 8 horas de São Luís e 6 horas de Brasília.
  • Via fluvial – Também é possível chegar à Chapada de barco pelo Rio Tocantins. A viagem de barco dura cerca de 4 horas de Imperatriz.
Quando ir

A melhor época para visitar a Chapada é durante a estação seca, que vai de maio a setembro.

O que levar

Para uma viagem sem perrengues não deixe de incluir na bagagem os seguintes itens: lanterna, óculos de mergulho, agasalhos leves para noite, protetor solar (durante o dia temperatura média é de 35ºC), repelente, óculos escuros, toalha de banho para os passeios, máquina fotográfica, remédios de uso pessoa e objetos de higiene pessoal (sabonete, pasta de dental). Roupas de tecido leves e claras de preferência, para o uso durante o dia, trajes de banho, sandálias papete ou de dedo, tênis e chapéu ou boné.

Dicas
  • É recomendável contratar um guia local para fazer os passeios na região da Chapada.
  • Importante levar água potável durante os passeios.
  • Por fim, a Chapada das Mesas é um destino turístico ainda em desenvolvimento, por isso é importante ter em mente que a infraestrutura turística pode ser limitada em algumas áreas.
Foto do destaque: Embratur/divulgação

Matérias mais recentes

Recomendado para você

Notícias mais lidas da semana