Logo Blog.easytravelshop

Canela é destino repleto de atrativos na Serra Gaúcha

Canela RS

A charmosa Canela, na Serra Gaúcha, é uma das boas opções durante os meses do inverno, quando destinos serranos entram no radar dos turistas. E até a neve pode dar as caras na Região das Hortênsias. Por ser vizinha de Gramado, nem sempre tem a atenção que merece. Tranquila e repleta de atrações para o lazer e descanso, encanta pelas belezas naturais e o clima de romance e aconchego que toma conta do destino.

Canela reúne dezenas de parques temáticos e naturais, arquitetura germânica, cultura e muitas opções gastronômicas e de cervejas. A cidade está a 7 quilômetros de Gramado e a 115 de Porto Alegre, e conta com uma excelente estrutura hoteleira, com pousadas e hotéis confortáveis e sofisticados.

A cidade começou a despontar para o turismo em 1994. Naquela época funcionava um cassino no Palace Hotel, o que atraia visitantes do Brasil e também de países vizinhos.

Durante os meses de inverno – principalmente em julho – e o fim do ano – entre novembro e a primeira quinzena de janeiro – o destino gaúcho atrai muitos visitantes. Especificamente no final do ano, quando fica toda enfeitada e são realizados eventos natalinos.

Canela recebeu influências dos colonos alemães do século 19, por isso, ainda preserva muitos chalés de estilo bávaro. Com pouco mais de 42 mil habitantes, a cidade mantém o clima calmo de interior e reserva uma variedade de pontos interessantes que merecem visita.

Catedral de Pedra

Catedral de Pedra em Canela
Foto: daviivanowski/Pixabay

 

Cartão postal da cidade, a imponente Catedral de Pedra chama a atenção pela beleza arquitetônica. Ela ficou conhecida pelo apelido, mas seu nome oficial é Igreja Matriz de Nossa Senhora de Lourdes.

Construída em estilo gótico inglês, está localizada na região central do município. Ela tem uma vistosa torre de 65 metros, um carrilhão de 12 sinos de bronze fabricados na Itália e vitrais que são autênticas obras de arte. Os adornos e o altar também chamam a atenção e têm como tema a Santa Ceia. Seu interior é belíssimo. Destaque para os painéis que retratam a “Aparição de Nossa Senhora”, a “Alegoria dos Anjos” e a “Anunciação”. Tamanha beleza levou a igreja a ser candidata a uma das Sete Maravilhas do Brasil em 2010.

Cascata do Caracol

Cascata do Caracol
Foto: Roberto Maia/Travelpedia

 

Canela tem 25 parques naturais e temáticos. Cercada de muito verde é um convite para casais, famílias e para quem aprecia turismo de aventura. O cenário apresenta vales, morros, trilhas e quedas d’água, sendo a principal delas a Cascata do Caracol, um dos mais conhecidos cartões-postais do Rio Grande do Sul.

Localizada no Parque Estadual do Caracol, a cascata pode ser vista de um mirante logo na entrada do local. Ou através dos bondinhos aéreos ao lado do parque, na rodovia RS 466. Majestosa, despenca sobre um paredão de pedra no Vale da Lageana.

Também é possível realizar um voo panorâmico de helicóptero sobre a Cascata do Caracol e observar do alto toda a grandiosidade da natureza.

Parque da Ferradura

Outra importante atração natural em Canela, apresenta várias trilhas e um grande cânion com 420 metros de profundidade. Localizado a 14 quilômetros do Centro da cidade, é ideal para quem aprecia atividades radicais e com muita adrenalina. Há atividades para todas as idades e com diferentes níveis de dificuldades. São caminhadas, passeios de quadriciclo e de bike, cavalgadas, rafting no Rio Paranhana e rapel no riacho Três Forquilhas. O rapel é realizado em um paredão de 50 metros, sendo 47 metros com inclinação negativa, um desafio que intimida muitos iniciantes.

SkyGlass em Canela
SkyGlass (Foto: Divulgação)

 

SkyGlass – Dentro do Parque da Ferradura, o SkyGlass é uma experiência única no mundo com duas atrações imperdíveis: uma plataforma estaiada de vidro que avança acima do vale e o Abusado, um monotrilho com 10 cadeiras suspensas a 360 metros de altura sobre o nível do Rio Caí, onde você vai ter a sensação única de flutuar no céu. No local também funciona o Memorial do Ferro de Passar, que reúne um acervo com mais de 400 exemplares, além de loja de souvenires, playground, lanchonetes e estacionamento.

Mirante Laje de Pedra

Canela e região pode ser apreciada do alto do Mirante Laje de Pedra. Lá é possível admirar e fotografar as montanhas do Vale do Quilombo, com suas fendas, paredões e cidadezinhas ao fundo. O mirante está localizado ao lado do antigo Hotel Laje de Pedra e dentro de um lindo condomínio com belas casas, ruas arborizadas e lagos. A entrada é gratuita.

Parques temáticos e naturais em Canela

Parque Mundo a Vapor em Canela
Foto: Leonid Straliev/divulgação

 

São muitas as opções de parques temáticos para quem viaja com a família. Entre as sugestões estão os seguintes: Alpen Park, reúne atividades como tirolesa, trenó, montanha-russa, rapel, escalada, bungee trampolim, quadricíclo e trenó alpino; Mundo Gelado do Capitão, primeiro da América Latina, é uma caverna com 30 toneladas de gelo; Mundo a Vapor, apresenta uma coleção de miniaturas que representam as grandes conquistas da humanidade relacionadas à energia motriz a vapor; Terra Mágica Florybal, mostra a magia da infância através de esculturas, brinquedos e apresentações artísticas; Parque da Serra – Bondinhos Aéreos, tem bondinhos suspensos que permitem aos visitantes contemplar as belas paisagens; Vale dos Dinossauros reúne mais de 30 espécies de dinossauros animatrônicos; e o Ecoparque Sperry está em meio à natureza exuberante do Vale do Quilombo;

Museus variados em Canela

Museu dos Beatles
Foto: Roberto Maia/Travelpedia

 

Canela tem ainda muitos outros pontos de interesse turístico. Entre eles vários museus temáticos. Veja, a seguir, alguns dos principais: Museu dos Beatles é o primeiro e único do país com a temática dos quatro garotos de Liverpool; Castelinho Caracol, que tem arquitetura germânica e busca resgatar os costumes dos imigrantes alemães; Museu Naval (Capitão Jack) tem acervo com miniaturas perfeitas de navios antigos e também aviões; Museu da Moda (MUM) conta a história de 4 mil anos da moda feminina; Museu do Automóvel reúne coleção de automóveis antigos e raros; Hot Minis expõe miniaturas perfeitas dos carros mais desejados e memoráveis do mundo; Museu Egípcio conta a história milenar egípcia; Museu do Caminhão apresenta a história dos “gigantes das estradas”; e o Museu Sinos da Catedral é um museu de arte sacra no interior da torre da igreja;

Estação Campos de Canella

Estação Campos de Canella
Foto: Cleiton Thiele/divulgação

 

Após passar por processo de restauração, a velha locomotiva Le Meuse, que estava desativada há 40 anos, voltou a Canela. A estação Campos de Canella também foi recuperada para receber a charmosa locomotiva. Reaberta em 2019, se transformou em um complexo cultural e comercial. A icônica estação férrea da cidade é uma nova opção turística para a região da Serra Gaúcha. Ela tem área total de 5,9 mil m² e conta com lojas, cafés, cervejarias e restaurantes.

A histórica Le Meuse, fabricada na Bélgica em 1909, agora tem seus vagões abertos ao público. O tradicional parque temático Mundo a Vapor é parceiro do projeto que carrega a paixão pelos trens.

Construída por João Correa, entre 1913 e 1924, a antiga ferrovia transportava madeira e ligava Canela a Taquara, seguindo depois para São Leopoldo e Porto Alegre. A linha toda foi desativada em 1964.

Sonho de Natal em Canela

Sonho de Natal em Canela
Foto: Rafael Cavalli/SerraPress/divulgação

 

O evento Sonho de Natal, realizado há mais de 30 anos, mistura uma decoração natalina primorosa com shows e outras atrações. O espetáculo principal é a chegada do Papai Noel, que chega em grande estilo, descendo pela torre da Catedral de Pedra, em meio a um grandioso show de luzes e fogos de artifícios.

Em sua última edição antes da pandemia do coronavírus o evento teve 22 atrações diferentes, 280 apresentações e mais de 1,1 mil pessoas envolvidas na execução e organização. Foram 79 dias de programação com atrações gratuitas ao público. Cerca de dois milhões de visitantes visitaram a cidade para o Sonho de Natal.

O que comer

Café Colonial
Café Colonial (Foto: Secretaria de Turismo e Cultura de Canela/divulgação)

 

Canela é também um destino gastronômico, com bares e restaurantes de várias culinárias típicas, principalmente alemã, italiana e gaúcha. O tradicional churrasco, o delicioso café colonial, o romântico fondue e o chocolate caseiro também estão presentes. Há vários tours que incluem café colonial, cerveja, vinho e refeições típicas – gaúcha, alemã, italiana e suíça.

Como circular

Para se locomover com conforto e aproveitar melhor o tempo, o ideal é contar com um carro alugado, já que muitas atrações estão distantes de outras. Caso não esteja disposto a dirigir a opção é utilizar ônibus ou táxis e carros de aplicativos.

Outra possibilidade é comprar os ingressos de algumas atrações juntamente com o transfer de ida e volta. Pesquise antes de definir o seu roteiro.

Bustour Uma boa pedida também é utilizar o ônibus turístico que funciona no sistema de hop on/hop off (embarque e desembarque livre). Eles permitem flexibilidade para os passageiros, que podem subir e descer quantas vezes precisar ao longo do dia. São oito veículos modernos e equipados. Um sistema de áudio em português, inglês e espanhol apresenta as principais informações históricas e culturais sobre a região. O roteiro tem mais de 30 pontos de parada nos principais pontos turísticos de Canela e Gramado.

Foto do destaque: daviivanowski/Pixabay

Matérias mais recentes

Recomendado para você

Notícias mais lidas da semana