Logo Blog.easytravelshop

Belo Horizonte: experiências inesquecíveis na capital mineira

Belo Horizonte

Fundada em 1897, Belo Horizonte foi planejada e construída para substituir Ouro Preto como a nova capital do estado. Carinhosamente chamada de BH pelos mineiros, ostenta um traçado urbanístico modernista e imponente. Destaque para a Praça da Liberdade e o Conjunto Moderno da Pampulha, obra-prima do arquiteto Oscar Niemeyer.

A cultura mineira pulsa na cidade, com seus museus, teatros, centros culturais e eventos como o Festival de Inverno e o CineBH. E a tradicional culinária também é um delicioso destaque, com pratos como frango com quiabo, pão de queijo e feijão tropeiro.

Por tudo isso, Belo Horizonte encanta os visitantes com a hospitalidade mineira, a rica cultura e a beleza natural exuberante. Além disso, é uma oportunidade para mergulhar na essência mineira.

Circuito Cultural Praça da Liberdade

Praça da Liberdade em Belo Horizonte
Praça da Liberdade (Foto: Gabriel Ramos/Unsplash)

 

Embarque em uma viagem no tempo. Belo Horizonte tem museus que narram a história de Minas Gerais e do Brasil. Entre eles, o Museu de Artes e Ofícios, com sua coleção de instrumentos e máquinas que encantam adultos e crianças; o Museu de Arte Sacra, que guarda uma valiosa coleção com esculturas, pinturas e objetos litúrgicos; e Museu Histórico Abílio Barreto, que conta a história de Minas Gerais em um lindo casarão do século 19. O ponto de partida para explorar a região é a Praça da Liberdade, bem no centro da cidade.

Parque Américo Renné Giannetti

Parque Municipal Américo Renné Giannetti na capipal mineira
Parque Municipal Américo Renné Giannetti (Foto: Claiton Conto/Unsplash)

 

Localizado de frente para a Avenida Afonso Pena, uma das principais vias da capital mineira, está a apenas um quilômetro da Praça da Liberdade. No roteiro de atrativos estão a Catedral Nossa Senhora da Boa Viagem e o Palácio das Artes.

Conjunto Moderno da Pampulha

Pampulha em Belo Horizonte
Igreja de São Francisco de Assis (Foto: Wilhan José Gomes Wjgomes/Pixabay)

 

O conjunto arquitetônico é um verdadeiro museu a céu aberto. Tanto que é Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO. Os visitantes têm a oportunidade de contemplar a beleza singular da Igreja de São Francisco de Assis, obra-prima de Oscar Niemeyer com seus painéis de Cândido Portinari; explorar a Casa Kubitscheck e a Casa do Baile, com sua forma ousada e vista para a Lagoa da Pampulha; e visitar o Museu de Arte da Pampulha (originalmente um cassino), que abriga importantes obras de arte moderna e contemporânea.

Lagoa da Pampulha

Lagoa da Pampulha em Belo Horizonte
Lagoa da Pampulha (Foto: Jeff/Unsplash)

 

A Lagoa da Pampulha é um dos principais pontos turísticos da cidade e oferece diversas opções de lazer para adultos e crianças. Ideal para um passeio de barco por suas águas calmas e apreciar a beleza das obras de Oscar Niemeyer ao redor. Ou praticar esportes náuticos como remo e stand-up paddle. Mas, se preferir, apenas relaxe nos gramados ao redor da lagoa..

Mercado Central

Mercado Central de Belo Horizonte
Mercado Central (Foto: Diego Catto/Unsplash)

 

Visita obrigatória para os amantes da boa gastronomia, o Mercado Central de BH é um verdadeiro banquete de sabores e aromas. Oportunidade para saborear os tradicionais pratos mineiros, como frango com quiabo, feijão tropeiro e o famoso pão de queijo. Além disso, explore as diversas bancas de produtos típicos, como os queijos de Minas, goiabadas e cachaças da roça. E, por fim, vivencie a atmosfera vibrante e autêntica deste mercado centenário.

Palácio da Liberdade

Palácio da Liberdade em BElo Horizonte
Palácio da Liberdade (Foto: Thay Pellerin/Unsplash)

 

Construído em 1897, o Palácio da Liberdade é um dos principais pontos turísticos da capital mineira. O edifício com arquitetura imponente serviu como residência para diversos governadores. Possui um exuberante jardim, adornado com fontes, quiosques e um orquidário.

Localizado na Praça da Liberdade, ao lado do Palácio da Liberdade, o Edifício Niemeyer chama a atenção pela sua arquitetura deslumbrante. Projetado por Oscar Niemeyer, apresentando formas inovadoras e um estilo moderno com curvas sinuosas.

Bairros históricos e badalados

Pampulha em BH
Igreja de São Francisco de Assis na Pampulha (Foto: Pixabay)

 

O Centro Histórico de BH tem atmosfera bucólica, ruas de paralelepípedo e construções coloniais. A região abriga a Igreja de São Francisco de Assis, a Praça do Papa, museus e centros culturais da região.

No charmoso bairro de Lourdes está a Praça Duque de Caxias, com seu coreto e ambiente familiar, e a Rua da Bahia, repleta de restaurantes e lojas. Outro distrito que vale uma visita é Santa Tereza com seu ambiente boêmio e artístico. Além disso, reúne muitos ateliês, galerias de arte e bares badalados.

Já Savassi é um dos bairros mais badalados de BH. É conhecido pela vibrante vida noturna, comércio sofisticado e rica gastronomia. Abriga bares e restaurantes para todos os gostos. Há desde botecos tradicionais até points badalados. Além disso, reúne lojas de grife, livrarias e centros culturais. O coração do bairro é a Praça da Savassi, um ponto de encontro para boêmios e frequentadores da região.

Parque das Mangabeiras

Parque das Mangabeira tem cachoeiras
Parque das Mangabeiras (Foto: Jaime Dantas/Unsplash)

 

O Parque das Mangabeiras é um oásis verde no coração da cidade. Oferece trilhas para todos os níveis de experiência, mirantes com vistas deslumbrantes, cachoeiras e uma rica variedade de fauna e flora. Então participe de atividades de educação ambiental e desfrute de momentos de paz e contemplação neste refúgio natural. No seu interior estão o Museu de História Natural e o Centro de Artesanato.

Mirante do Mangabeiras

Localizado no Parque das Mangabeiras, oferece uma vista panorâmica da cidade. Do alto de seus dois decks de madeira, com 125 m² cada, é possível apreciar a beleza da Serra do Curral, da Lagoa da Pampulha e de outros pontos turísticos da capital mineira. É um local excelente para relaxar, fazer piqueniques, praticar ioga ou apenas curtir o visual do pôr do sol. O acesso é gratuito.

Praça do Papa

Praça do Papa em BH
Praça do Papa (Foto: Pixabay)

 

Oficialmente denominada Praça Israel Pinheiro, está localizada no topo do Bairro Mangabeiras, a mais de 1,1 mil metros de altitude. O local oferece uma vista panorâmica deslumbrante da cidade, da Serra do Curral e da Lagoa da Pampulha.

Em 1980, o Papa João Paulo II visitou Belo Horizonte e celebrou uma missa campal na praça, que reuniu cerca de 2 milhões de pessoas. A visita do pontífice foi um marco histórico para a cidade e o local se tornou um símbolo de fé e devoção para os católicos mineiros.

Serra do Curral

Serra do Cyrral em Minas Gerais
Serra do Curral (Foto: fpcamp/Unsplash)

 

Cartão-postal de Belo Horizonte, a Serra do Curral oferece paisagens deslumbrantes. É muito procurada por adeptos de atividades de ecoturismo, como trekking e mountain bike. Trilhas cênicas levam ao seu ponto mais alto que oferece vista panorâmica da cidade.

Outros atrativos são a Gruta da Lapinha, um importante sítio arqueológico com pinturas rupestres, e o Parque Estadual do Sumidouro, com suas cavernas e formações geológicas.

Gastronomia

Pão de queijo é ícone das Minas Gerais
O famoso pão de queijo, ícone de Minas Gerais (Foto: Ricardo Bacelar/Unsplash)

 

A famosa e autêntica comida mineira é de dar água na boca. Ela é conhecida por seus sabores e aromas marcantes. Portanto, não deixe de experimentar o tradicional frango com quiabo, acompanhado de arroz branco e couve refogada. Delicie-se com o feijão tropeiro, preparado com feijão, carne seca, torresmo, ovos e farinha de mandioca. E não esqueça de provar o pão de queijo, um dos ícones da culinária mineira.

Cachaçaria e botecos

Belo Horizonte é famososa pelos botecos
BH é famososa pelos botecos (Foto: Nathalia Segato/Unsplash)

 

Minas Gerais é o berço da cachaça, bebida símbolo do estado. Então inclua no roteiro visita as tradicionais cachaçarias de Belo Horizonte e deguste diferentes tipos de cachaça. Há desde as brancas até as armazenadas em madeiras nobres. Oportunidade para aprender sobre o processo de produção e explorar os diversos sabores e aromas da cachaça mineira.

A capital mineira também é famosa por seus botecos, onde você pode saborear petiscos deliciosos e tomar uma cerveja gelada.

SERVIÇO

Quando ir

A melhor época para visitar BH é durante a Primavera (setembro a novembro), que apresenta temperaturas amenas e clima agradável. E durante o Outono (março a maio), que tem dias secos e paisagens com cores vibrantes.

Como chegar

A partir de São Paulo uma viagem de carro será de aproximadamente 6 horas pela Rodovia Fernão Dias. Se feita de ônibus terá duração de 7 horas. Diversas empresas oferecem viagens diretas.

Em uma viagem de avião, os voos diretos ao Aeroporto Internacional de Confins têm duração de 1 hora. Há serviço de transfer para hotéis em Belo Horizonte.

Fica a dica!
  • Eventos culturais – Aproveite o Festival de Inverno de Belo Horizonte, o CineBH e o Festival Internacional de Teatro Palco & Rua.
  • Feira Hippie – Na Avenida Afonso Pena, no centro de BH, funciona aos domingos e é a maior feira de artesanato da cidade. Oferece uma variedade incrível de produtos artesanais, gastronomia tradicional e opções diversificadas para todos os gostos.
  • Cidades históricas – Se tiver tempo faça um city tour até Ouro Preto e Mariana, localizadas a apenas 1 hora de Belo Horizonte.
  • Tour pelas vinícolas – A Serra da Mantiqueira tem várias vinícolas que valem ser visitadas. Aproveite e deguste os deliciosos vinhos mineiros.
Inhotim em Minas Gerais
Inhotim (Foto: Pixabay)

 

  • Instituto Inhotim – Localizado em Brumadinho a 55 km de Belo Horizonte, Inhotim é outro passeio interessante. É um museu de arte contemporânea a céu aberto, considerado um dos maiores do mundo – ocupa uma área de 140 hectares. O local reúne obras de importantes artistas brasileiros e internacionais, como Adriana Varejão, Yayoi Kusama e Cildo Meireles, em meio a jardins botânicos exuberantes e paisagens naturais deslumbrantes. Os visitantes podem participar de atividades educativas e culturais, como oficinas, palestras e concertos.
Foto do destaque: Jeff/Unsplash

Matérias mais recentes

Recomendado para você

Notícias mais lidas da semana