Logo Blog.easytravelshop

Águas cristalinas são destaque das atrações em Bonito

Águas cristalinas em Bonito

A natureza é a principal atração de Bonito, onde os rios, cachoeiras e lagoas de águas cristalinas são destaques. A incrível transparência tem origem nas rochas calcárias e encantam os visitantes nas flutuações, mergulhos, rafting, boia cross, passeios de barco, caiaque e banhos.

Formoso, Prata, Perdido, Mimoso, Peixe, Anhumas, Olaria e Miranda são os principais rios da região e em comum têm águas cristalinas e translucidas. E ao longo do curso de cada um deles estão belas cachoeiras de diferentes tamanhos e volume de água.

Mergulho nas águas cristalinas do Rio Formoso
Mergulho no Rio Formoso (Foto: Divulgação)

 

Então se está em busca de atividades aquáticas a única dificuldade será escolher o rio. A flutuação está presente na Barra do Sucuri, no sitio Água Azul; no Rio Sucuri em um cenário de tirar o folego; e no Rio da Prata no Recanto Ecológico Rio da Prata. Se procura emoção o ideal é o rafiting e mergulho no Rio Formoso, que tem ainda boa cross para quem deseja apenas um pouco de aventura e diversão.

A flutuação também pode ser praticada na Nascente Azul em um passeio que começa na Praia da Capela, que segue por uma trilha em meio à mata onde estão lindas cachoeiras. A nascente tem águas azuladas e cerca de oito metros de profundidade. O restaurante do local serve almoço com pratos típicos.

Cachoeiras para todos os gostos

Cachoeiras com águas cristalinas em Bonito
Foto: VisitMS/divulgação

 

São dezenas de cachoeiras em Bonito e região. Em comum entre elas a beleza natural. Algumas de difícil acesso é verdade, mas outras estão à disposição de todos, inclusive para crianças e pessoas da terceira idade. Elas são ótimas para aliviar o estresse do dia a dia e recarregar a energia em suas águas.

Nascente Azul

A Nascente Azul, que já citamos acima, guarda uma das mais belas cachoeiras da região. Ela é formada de tufa calcária, uma formação que ocorre pela dissolução de calcário na água, que com o tempo vai se fixando nas pedras, troncos, musgos, folhas e o que mais encontrar pelo caminho. Assim, o calcário vai se solidificando e a cachoeira vai crescendo aos poucos. O resultado desse fenômeno é a formação de um vistoso véu.

O complexo turístico tem também a maior tirolesa do Mato Grosso do Sul e várias trilhas ecológicas que permitem o contato com animais da região.

Acessibilidade Pessoas com necessidades especiais podem se divirtam com total conforto e segurança. A Nascente Azul dispõe de acessibilidade total.

Estância Mimosa
Estância Mimosa em Bonito
Estância Mimosa (Foto: Roberto Maia/Travelpedia)

 

Inclui caminhada de três horas por uma trilha que tem mirantes com vistas panorâmicas da Serra da Bodoquena. No caminho, paradas para mergulhos e banhos em um conjunto de dez cachoeiras e piscinas naturais. Há, também, exploração de grutas, observação de animais, um lago com jacarés, plataforma de saltos, passarelas suspensas, cavalgada e trecho percorrido em barco a remo. O local oferece almoço típico da fazenda com pratos preparados no fogão a lenha.

Rio do Peixe
Rio do Peixe tem águas cristalinas
Rio do Peixe (Foto: Divulgação)

 

O Rio do Peixe tem várias cachoeiras que podem ser visitadas. Uma trilha de dois quilômetros no interior da Fazenda Água Viva passa por 11 cachoeiras e piscinas naturais. O passeio tem paradas para banhos, uma plataforma de salto na Cachoeira do Poção e um ponto com carretilha. Os turistas podem também conhecer uma caverna submersa, caminhar por trilhas ecológicas e descansar em um redário enquanto aprecia a beleza da natureza. A atração inclui um almoço com pratos típicos sul-mato-grossenses.

Boca da Onça
Rapel na Boca da Onça
Rapel no Boca da Onça (Foto: Divulgação)

 

É a maior das cachoeiras em Bonito. Sua queda d’água tem cerca de 160 metros e para chegar até ela é preciso percorrer uma trilha de aproximadamente 4 quilômetros em meio à mata do Rio Salobra com paradas em cascatas e piscinas naturais. Um rapel com 90 metros de altura leva a uma emocionante experiência, onde os praticantes se projetam no abismo em uma descida com muita adrenalina passando por grutas sobre o cânion.

Ceita Corê

Esse passeio à Fazenda Ceita Corê permite que os visitantes encontrem cachoeiras e seis lugares para se banharem. Há também trilhas ecológicas, piscinas naturais, nascentes, passeios a cavalo, pequenas grutas e uma tirolesa e opção de mergulho na nascente do Rio Chapena. Lá está também uma caverna inundada com mais de 150 metros de profundidade. O lugar oferece almoço típico regional preparado em fogão à lenha.

Parque das Cachoeiras
Parque das Cachoeiras tem águas cristalinas
Parque das Cachoeiras (Foto: Divulgação)

 

O Rio Mimoso oferece Parque das Cachoeiras com diversas atrações para toda a família. Ao longo de uma trilha ecológica estão sete paradas para banhos em cachoeiras e em piscinas naturais. No final do passeio o grupo retorna à sede para um almoço com pratos típicos e doces regionais.

Balneários e lagoas

Balneário Municipal
Balneário Municipal em Bonito
Balneário Municipal (Foto: Roberto Maia/Travelpedia)

 

O Balneário Municipal de Bonito é um dos poucos atrativos que não exige reserva antecipada na cidade. Sua infraestrutura de lazer tem campo de futebol, quadra de vôlei de areia, bares e quiosques com churrasqueiras. E, como em uma praia, as margens do rio costumavam ficar repletas de pessoas tomando sol. Depois, um inevitável mergulho nas águas cristalinas do Rio Formoso e nadar em meio ao cardume de peixes coloridos de diversos tamanhos.

Balneário Praia da Figueira
Águas cristalinas no Balneário Praia da Figueira
Praia da Figueira (Foto: Divulgação)

 

A lagoa e a extensa praia com coqueiros e areia branca em uma área com 60 mil metros quadrados tem entre suas atrações a flutuação, tirolesa, passeios de caiaque, pedalinho e mergulho.

Balneário do Sol
Balneário do Sol em Bonito
Balneário do Sol (Foto: Divulgação)

 

Às margens do Rio Formoso, oferece atrativos como tirolesa, trampolim, piscina de água corrente, quadras de esporte, salões de jogos, redários, churrasqueiras e área de alimentação. Lindas cachoeiras completam o cenário natural.

Localizado à margens de um dos mais lindos rios de Bonito – o Rio Formoso, o Balneário do Sol é um convite para descanso e repouso em suas piscinas naturais ou mesmo no rio, entre as Piraputangas, curimbas e dourados.

Balneário Refúgio da Barra

Ideal para quem busca tranquilidade, o passeio recebe um número reduzido de visitantes. Tem um deck de 30 metros no Rio Formoso, além de restaurantes e estrutura completa.

Balneário Estrela do Formoso

A 16 quilômetros do centro da cidade, o Estrela do Formoso impressiona pela beleza natural e pelo visual exuberante da Serra da Bodoquena. Cortado pelo Rio Formoso, oferece sete pontos para banhos e lazer. Suas águas cristalinas estão repletas piraputangas, curimbas e dourados. Passeio ideal para pessoas de todas as idades.

Balneário Ecoparque Porto da Ilha
Ecoparque Porto da Ilha em Bonito
Passeio de bote (Foto: Divulgação)

 

O balneário Porto da Ilha é formado por matas verdejantes, diversas cachoeiras e piscinas naturais no Rio Formoso, que oferece stand up padle, slakeline, bois cross, passeio de bote e duck. Além de aproveitar as belezas naturais do lugar, que tem decks e completa estrutura para passar um dia tranquilo, também é possível realizar passeios de barco elétrico. No final do passeio é realizado uma trilha até a cachoeira do Horminio e a ponte de madeira.

Passeio de duck no Ecoparque Porto da Ilha em Bonito
Passeio de duck (Foto: Divulgação)

 

Os visitantes também podem saborear um delicioso almoço típico no restaurante do Ecoparque Porto da Ilha com pratos à base de peixes, carne e frango.

Lagoa Misteriosa

É considerada a sétima caverna mais profunda do país com 220 metros de coluna d’água. Uma escadaria com 179 degraus leva ao espelho d’água. O passeio inclui caminhada através de uma trilha de 600 metros até um mirante. Possibilidade de flutuação e mergulho em um local de natureza exuberante.

Abismo Anhumas
Interior do Abismo Anhumas tem águas cristalinas
Interior do Abismo Anhumas (Foto: Divulgação)

 

Um buraco com 72 metros de profundidade e iluminado apenas por fendas entre as rochas guarda um imenso lago de águas cristalinas. O Abismo Anhumas é bastante procurado para a prática de rapel, flutuação e mergulho. Lá embaixo há um deck flutuante paira sobre um espelho de águas cristalinas de um lago com 80 metros de profundidade. O acesso à Gruta Anhumas é feito apenas através de rapel, que leva até a caverna que abriga o lago do tamanho de um campo de futebol.

Foto do destaque: Ichiro Guerra/Arquivo Fundação de Turismo/@visitmsoficial)

Matérias mais recentes

Recomendado para você

Notícias mais lidas da semana